Início Casamentos A tradição do casamento em diferentes culturas
A tradição do casamento em diferentes culturas

A tradição do casamento em diferentes culturas

0

O casamento é uma tradição pertencente a diversas culturas e em cada uma, carrega costumes diferentes. Hoje vamos dividir com vocês algumas curiosidades que amamos pesquisar e entender um pouquinho mais!

Esperamos que curtam ;)

CHINA

Na China, a cor predominante é o vermelho. Simbolizando a alegria e o amor, a cor está presente não só na decoração, mas também nos convites e até mesmo no vestido da noiva, que chega a ter pelo menos três modelos para usar na festa.

O ensaio pré wedding já é tradição na China. Os noivos se preparam com meses de antecedência ao casamento e na festa, diversas fotos do ensaio fazem parte da decoração.

ÍNDIA

Na Índia, assim como na China, o vermelho também se faz bastante presente nos trajes das noivas e representa fertilidade, prosperidade material, longevidade e boa saúde.

O branco, diferente da nossa tradição, é usado apenas por viúvas.

Na cerimônia as mãos e os pés da noiva são tatuados com hena. O desenho é muito detalhado e demoram horas para ficar pronto.

A noiva indiana deve estar coberta por joias como Nath (brinco de nariz), o Bor (um adoro usado na testa), o Paizeb (uma tornozeleira com sininhos), e anéis de prata nos pés.

ISRAEL

Em Israel a cerimônia e a festa judaica simbolizam as metáforas que fazem referência ao Antigo Testamento da Bíblia. Cada detalhe tem Um contexto e um significado de acordo com o judaísmo. Como por exemplo:

  • O noivo sempre entra antes da noiva
  • A quebra do copo de vidro (é a mais conhecida). O noivo quebra com o pé direito um copo para lembrar a destruição do Templo em Jerusalém.
  • No fim da cerimônia, os convidados gritam “Mazel Tov”, que significa “boa sorte” em hebraico.

Os noivos fazem jejum no dia do casamento, e o vestido da noiva SEMPRE tem que ser branco representando a pureza.

Tanto o noivo, quanto a noiva devem ser acompanhados pelos pais na entrada, e no início da cerimônia, a noiva e os pais dão sete voltas ao redor do noivo. É uma referência aos sete dias da criação do mundo.

RÚSSIA

Na Rússia os casamentos normalmente acontecem em agosto por ser um mês quente, porém, não de sol escaldante, como julho.

O vestido da noiva tem muito volume e brilho e ao contrário do Brasil, a aliança é usada na mão direita porque a mão esquerda era considerada ‘sinistra’ e ‘não digna de confiança’.

O tempo médio para organização de uma festa de casamento na Rússia varia de 2 a 4 meses. Mas alguns casais mais prevenidos começam a marcar a data e a reservar os restaurantes com um ano de antecedência.

Durante a festa há um momento em que todos os convidados atiram as taças de vidro no chão. Isso traz sorte para os noivos na nova vida a dois.

GRÉCIA

Na Grécia, a maioria dos casamentos é celebrado em janeiro, pois é o mês considerado o “mês da fertilidade” e é usualmente celebrado em um domingo.

A cerimónia é iniciada fora da igreja por uma bênção repetida três vezes pelo sacerdote, significando a tríade: Pai, Filho e Espírito santo e em seguida os noivos dirigem-se para o interior da igreja onde acendem velas que seguram durante o restante da cerimônia.

Durante a celebração em vez de taças como na Rússia, os convidados quebram pratos que também significa sorte para os noivos.

JAPÃO

No Japão, o vestido e acessórios, como chapéus, bolsa e sapato são brancos. Assim como no Brasil, o “branco” é considerado um símbolo da pureza. Uma tradição é homenagear os antepassados, inclusive, nas cerimônias. A lembrança é feita com enfeites com os nomes dos avós dos noivos e de amigos já falecidos.

Casamentos no Japão são realizados na primavera e outono. O mês de novembro é um dos meses mais procurados por representar o mês 11, que é considerado um número de sorte no Japão.

Antes do casamento, é comum as famílias dos noivos investigarem o passado uma da outra para saber se já se envolveram em algum tipo de escândalo.

Jamais devemos dar aos noivos, artigos cortantes tais como faca e tesoura. Para os japoneses, esses objetos significam “corte” e podem “separar” o casal.

A tradição do casamento em diferentes culturas
4.5 (90%) 2 votes

casarpontocom Casar.com: Noivos, este site foi totalmente feito para vocês! Somos um portal que oferece dicas, sugestões, fornecedores e até site de casamento para você se preparar. O Casar.com faz parte do grupo Casar que está no mercado desde 2002 e com vários profissionais que entendem do assunto. Além de toda a informação, é possível montar sua lista de presentes e criar um site exclusivo, registrando e divulgando todas as etapas do evento mais importante da sua vida.

CASAR Salvador 2018